Eu não sei lidar: Primeiras fotos da gravação de “Como Eu Era Antes de Você”

Olá queridos leitores!

Eu navegando nessa internet da vida encontrei algumas fotos das gravações de Como Eu Era Antes de Você (clique aqui para ver a resenha), e sério… Já estou contando os dias e separando os lencinhos aqui.

O cenário esta super fofo, os personagens são exatamente como eu imaginei. Os atores que interpretam os personagens principais são:

Emilia Clarke como Lou 

Sam Claflin como Will Trainor

Matthew Lewis como Patrick

As fotos:

Estou mais ansiosa ainda pelo filme, já estou com saudades da história de Lou e Will.

Até o próximo post!

Beijos,

Aine.

“After you”: Sequencia de “Como Eu Era Antes de Você” é confirmada!

00000000Quentíssima! Estou no chão.

Tinha ficado bem claro pra quem leu “Como Eu Era Antes de Você” que aquilo que lemos nas ultimas paginas era realmente um fim (tem resenha dele aqui!), mas todo mundo que se apegou tanto quanto eu, ficou se perguntando “Mas e depois?”, e foi exatamente isso que JoJo fez. Segundo o UsaToday em “After You” vamos descobrir tudo o que aconteceu ao fim das páginas, poder nos emocionar e rir outra vez com a Lou.

A JoJo comunicou: “Eu não havia planejado escrever uma sequência, mas ao trabalhar no roteiro do filme, e ler uma grande quantidade de tweets e emails perguntando sobre como Lou seguiu com sua vida, resultou que os personagens nunca me deixassem. Foi um prazer revisitar Lou e sua família, e os Traynors, e confrontá-los com um novo conjunto de problemas. Como sempre, eles me fizeram rir e chorar. Espero que os leitores sintam-se da mesma maneira ao encontrá-los novamente.

O livro esta previsto pro finalzinho de 2015, será lançado antes da adaptação cinematográfica de “Como Eu Era Antes de Você” prevista para 2016. O elenco conta com Sam Claflin (Jogos Vorazes) será Will e Emilia Clarke (Game of Thrones) vai estrelar como Lou. Ahhhh que ansiedade! Enquanto não temos o livros confiram o booktrailer:

RESENHA: Como Eu Era Antes De Você – JoJo Moyes

Que livro especial! Muitas pessoas me perguntam “Mas é bom mesmo?” e sim, é maravilhoso. Eu não dava nada pra essa leitura, ganhei do meu namorado, e ele ficou lá na estante um tempo, até que eu resolvi pegar pra ler, e… eu amei.

IMG_2203[1] Lou tem 26 anos, namora um tri atleta que não tem nada a ver com ela, mora na casa da família com seus pais, sua irmã que é mãe solteira e seu avô. Ao perder o emprego se vê obrigada a encontrar outro emprego. E o único que encontra é como cuidadora de Will Trainor, que é tetraplégico, e muito mal-humorado. Will tinha uma vida agitada, estava acostumado a fazer esportes, estar cercados de mulheres bonitas, tinha um bom emprego e era rico. Não se conforma com a vida que leva após o acidente e faz questão de tratar todas as pessoas mal, sempre amargo, e as vezes cruel. Lou, demora pra se acostumar com o jeito durão de Will, e aprende a lidar com suas limitações, e então acontecem coisas que nenhum dos outros conseguiriam imaginar.

como eu era antes de vcEsse livro é bem reflexivo, ele nos mostram situações que pessoas tetraplégicas passam todos os dias. Eu tinha uma visão muito superficial sobre isso, lendo esse livro percebi que é bem mais difícil do que já parece ser. Os traumas vão muito além da parte física, existem situações muito delicadas, e como cada pessoa lida com elas é o que difere quem vive bem mesmo com suas limitações, e quem apenas espera até a hora de partir. A autora mostra toda a vulnerabilidade que temos diante da vida, que em um momento temos tudo, e no momento seguinte estamos no chão. Também percebi o quanto é importante saber ouvir as necessidades dos outros, por que por mais que eu pense que sei o que é melhor pra alguém ninguém sabe melhor do que quem esta sentindo na pele. O mais triste nesse livro é a enorme dificuldade de Will para lidar com isso, a falta de aceitação, e como ele escolhe tratar todas as pessoas que só querem ajudar ele, como se todos tivessem culpa do que ocorreu. Por isso tive dificuldades de gostar de Will. Lou chegou para colorir a vida dele.

Lou não tem nenhuma ambição, mantêm seus sonhos em sono profundo. Mas Will tem como objetivo mostrar que existem sim, outras coisas, novos horizontes e acaba acendendo uma chama que desperta Lou pra vida que em todos seus 26 anos, nunca provou.

O medo do capitulo seguinte não parava de me atormentar enquanto eu lia, você sofre com a Lou e com o Will, foi o primeiro livro em que eu tinha medo de terminar, e acontecer o que eu mais temia. Você torce por eles, por que sabe que é verdadeiro. Quando eu vi a capa, e li a sinopse eu não entendi o que tinha a ver, e depois que vocês leem vão entender o que ela representa, é um tipo de atitude muito grandiosa.

É triste sim, apesar de eu me emocionar muito fácil não é qualquer livro que me faz chorar, da pra entender? hahaha. Mas é muito comovente, e não é aquele livro chato em que é tudo muito mórbido. É uma leitura muito gostosa.

Páginas: 320

Editora: Intrinseca

Ano: 2013

Nota: 10

Top 6 de livros lidos em 2014

Olá! Hoje tem aqui pra vocês os melhores livros que li nesse ano, escolhi 6 por que foram os que mais me prenderam mais. Então vamos ao que interessa!

 Starters

starters

É uma distopia, cheia de aventura e surpresas. Aquele tipo de livro que não fica parado em momento nenhum. Foi uma das primeiras leituras do ano e a mais agitada. A autora soube muito bem criar situações, que o leitor pode facilmente imaginar, fantasiar, entrar no mundo deles, enfim, é muito legal!

Sinopse:

Seu mundo mudou para sempre. Callie perdeu os pais quando as guerras de Esporos varreu todas as pessoas entre 20 e 60 anos. Ela e seu irmão mais novo, Tyler, estão se virando, vivendo como desabrigados com seu amigo Michael e lutando contra rebeldes que os matariam por uma bolacha. A única esperança de Callie é Prime Destinations, um lugar perturbado em Berverly Hills que abriga uma misteriosa figura conhecida como o Old Man. Ele aluga adolescentes para alugar seus corpos aos Terminais — idosos que desejam ser jovens novamente. Callie, desesperada pelo dinheiro que os ajudará a sobreviver concorda em ser uma doadora. Mas o neuro chip que colocam em Callie está com defeito e ela acorda na vida de sua locadora, morando em uma mansão, dirigindo seus carros e saindo com o neto de um senador. Parece quase um conto de fadas, até Callie descobrir que sua locatária pretende fazer mais do que se divertir — e que os planos de Prime Destinations são tão diabólicos que Callie nunca podia ter imaginado.

 A Seleção (série completa)

a seleção

Ah, essa série me fez suspirar! America nunca quis ser princesa, mas para fazer a vontade dos pais ela se inscreve na Seleção, que escolhe 35 garotas que entram em uma competição para serem futuras princesas de illéa. Mas para isso as candidatas tem de passar por uma serie de testes e tem de ser aprovadas principalmente pelo príncipe Maxon. America é indecisa, impulsiva e rebelde. Maxon é lindo de morrer, cordial, bondoso, educado, e tudo aquilo o que se espera de um príncipe. Para uma série de distopia eu percebi que o foco muitas vezes estava no romance de America e Maxon. Também tem Aspen ex-namorado de America também estará no meio dos dois durante todos os livros. E também tem os personagens secundários, que são todos diferentes uns dos outros que são muito bem projetados.

Valeu muito a pena a leitura, por que me surpreendeu muito. ❤

 Mentirosos

IMG_1021

Bom, esse livro é uma grata surpresa desse ano e como no inicio dessa semana eu postei a resenha dele, então não tem muito que falar dele. Pra pessoa gostar desse livro tem que realmente mergulhar de cabeça na história de Cadence, e estar preparada pra uma história bem pesada.

 A Lista Negra

a lista negra

Emocionante, convincente e cativante são palavras que descrevem perfeitamente esse livro. O tema principal do livro é o bullying, que a autora Jennifer Brown explorou muito bem. Valerie escrevia em uma lista o nome de todas as pessoas que odiava, ou faziam algo de ruim para ela. Mas nunca imaginou que o seu namorado Nick fosse um dia a aula determinado a matar todas essas pessoas. Nick matou algumas pessoas, feriu outras, atirou na própria Valerie e depois de tudo se matou. A partir dai Valerie tem que se recuperar tanto de suas dores físicas como das emocionais. E todo o processo é narrado de forma sensível, e muito profunda do ponto de vista de Valerie.

 Como Eu Era Antes de Você

como eu era antes de vc

Melhor que os livros que você escuta falar bem e gosta, são os livros que você nem nunca ouviu falar mas ama. Esse livro eu ganhei e demorei um pouco pra ler, até porque eu não acreditava que iria mexer comigo tanto.

Sinopse: Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Trabalha como garçonete num café, um emprego que não paga muito, mas ajuda nas despesas, e namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe.
Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Tudo parece pequeno e sem graça para ele, que sabe exatamente como dar um fim a esse sentimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.

 A Lista de Brett

A lista de breeeeettt

Meu livro queridinho da estante é este. No inicio da leitura eu pensei que seria mais um romance clichê, mas logo passou. Esse livro despertou das mais diversas sensações em mim, me fez refletir sobre muita coisa, sobre sonhos e metas e tudo o que a gente deixa para trás.

Sinopse: Brett Bohlinger parece ter tudo na vida – um ótimo emprego como executiva de publicidade, um namorado lindo e um loft moderno e espaçoso. Até que sua adorada mãe morre e deixa no testamento uma ordem: para receber sua parte na gorda herança, Brett precisa completar a lista de sonhos que escreveu quando era uma ingênua adolescente.
Deprimida e de luto, Brett não consegue entender a decisão de sua mãe. Seus desejos adolescentes não têm nada a ver com suas ambições de agora, aos trinta e quatro anos. Alguns itens da lista exigiriam que ela reinventasse sua vida inteira. Outros parecem mesmo impossíveis. Com relutância, Brett embarca numa jornada emocionante em busca de seus sonhos de adolescência.

Então é isso, eu não queria que o post ficasse tão grande, mas acho que esses livros merecem uma atenção especial.

Espero que tenham gostado, e até a próxima!