Resenha: Estilhaça-me – Tahereh Mafi

Hoje trago a resenha do primeiro livro da trilogia Estilhaça-me, que promete muita aventura, romance e… algumas dúvidas.
ESTILHACAME_1400771828B
Título: Estilhaça-me
Autor: Tahereh Mafi
Editora: Novo Conceito
Páginas: 304
Nota: 4/5 

Sobre a história:

Este livro conta a história de Juliette (juro que achei esse nome feio), que esta presa em um manicômio há 264 dias pois é considerada uma ameaça pra sociedade. Tudo por que o seu toque é letal. Exatamente, ela não pode ter contato com ninguém físico, nem mesmo seus pais.

Lá ela é tratada como um animal, ela imagina o caos que o mundo fora de sua cela esta, mas não tem noção de como as coisas podem piorar. Até que é tirada do hospício pelos homens do Restabelecimento, que seria uma organização governamental que quer usa-la como uma maquina de destruição, para torturar pessoas.

O personagem responsável por isso é o Werner, ele acredita que Juliette tem potencial (já que é um super mérito torturar pessoas, né?), para mostrar a todos seu valor. Adam, que é um dos soldados sempre mantem certa proximidade de Juliette que despertam lembranças que ela já havia enterrado. Eles se conheciam, e ele pode toca-la, mas eles não imaginam o porquê. E Adam esta disposto a ajudar ela (sim gente, nessa hora começa o romance).

mytouch

Minha opinião:

Ao mesmo tempo que eu amei a história, as complicações e o enredo, tem um fator que pode acabar com tudo: uma protagonista chata. Sim, a Juliette é chata, dramática e acha que o mundo gira ao redor dela. Ela tem um conflito interno enorme, e vive tentando provar pra ela que não é louca… ai cansativo.

A escrita dessa autora é linda, muito poética. Mas tudo era muito quando se tratava da nossa protagonista, sabe? Tudo muito exagerado. Mas calma gente, que vamos conhecer personagens ótimos ainda que me fizeram aguentar e me divertir nessa leitura.

O Warner, é o tipo de vilão que você quer odiar e não consegue, que em atitudes repugnantes e mesmo assim você quer tentar entende-lo. Ta, mais por que? Primeiro, ele é lindo. Sério, imaginei ele como o ator que interpreta o Jaime Lannister em GOT. Segundo, ele é misterioso, ao mesmo tempo que ele quer mostrar ser muito muito muito mal, ele esconde todas suas emoções, como se fosse treinado para não sentir. Ai tem, minha gente!

Já o Adam, pode ser lindo e etc. mas não despertou nenhum sentimento em mim, ele e a Juliette se apaixonam (gente, isso é obvio, não é spoiler esta na orelha do livro). Mas eu penso assim: Ela nunca foi tocada com algum carinho, encontra um cara que MILAGROSAMENTE pode toca-la, é muito conveniente se apaixonar por ele. Ela é carente de afeto, exatamente por isso que não me convenceu.

E finalmente o livro termina com um PÁH! O segundo livro promete ser muito bom. Em breve resenha do próximo livro aqui, fiquem de olho! ❤

Anúncios

Um comentário sobre “Resenha: Estilhaça-me – Tahereh Mafi

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s