O blog mudou!

Olá, leitores!

Sei que vocês devem estar pensando “óh céus, cadê o blog literagram?”. Mas calma, que eu vou explicar. Tem dias (muitos dias) que eu acordo querendo mudar tudo, e hoje foi um desses dias. Então vamos as mudanças:

Nome do blog: O domínio antigo estava como blogliteragram.wordpress.com, mas ele não tinha muito a ver com o blog (site), porque o literagram eu criei antes de fazer o blog, era apenas para o instagram (literatura+instagram= literagram), mas assim que criei o blog não tinha ideia nenhuma do que colocar e acabou ficando do jeito que estava. Livre nos Livros, é exatamente a maneira que me sinto quando estou lendo, e também um nome mais fácil.

Layout: O antigo era bonito, tinha uma fonte que não me agradava. Esse eu achei mais limpo e organizado.

O blog só tem 2 meses, mas mesmo assim senti que já era hora de mudar. A mudança foi mais visual, e eu adorei como tudo ficou, esta exatamente como eu queria.

Sobre o conteúdo, eu pretendo sempre produzir mais, de inicio eu tinha me comprometido a fazer 3 posts por semana, e pretendo manter isso, mesmo com a correria que a faculdade e os treinos vão impor. Enfim…

Obrigada pela compreensão. Espero que vocês gostem! ❤

Anúncios

“After you”: Sequencia de “Como Eu Era Antes de Você” é confirmada!

00000000Quentíssima! Estou no chão.

Tinha ficado bem claro pra quem leu “Como Eu Era Antes de Você” que aquilo que lemos nas ultimas paginas era realmente um fim (tem resenha dele aqui!), mas todo mundo que se apegou tanto quanto eu, ficou se perguntando “Mas e depois?”, e foi exatamente isso que JoJo fez. Segundo o UsaToday em “After You” vamos descobrir tudo o que aconteceu ao fim das páginas, poder nos emocionar e rir outra vez com a Lou.

A JoJo comunicou: “Eu não havia planejado escrever uma sequência, mas ao trabalhar no roteiro do filme, e ler uma grande quantidade de tweets e emails perguntando sobre como Lou seguiu com sua vida, resultou que os personagens nunca me deixassem. Foi um prazer revisitar Lou e sua família, e os Traynors, e confrontá-los com um novo conjunto de problemas. Como sempre, eles me fizeram rir e chorar. Espero que os leitores sintam-se da mesma maneira ao encontrá-los novamente.

O livro esta previsto pro finalzinho de 2015, será lançado antes da adaptação cinematográfica de “Como Eu Era Antes de Você” prevista para 2016. O elenco conta com Sam Claflin (Jogos Vorazes) será Will e Emilia Clarke (Game of Thrones) vai estrelar como Lou. Ahhhh que ansiedade! Enquanto não temos o livros confiram o booktrailer:

Conclusão da Maratona Literária de Carnaval #MLCarvanal

Olá leitores!

Como eu contei nesse post, participei de uma maratona de carnaval. E chegou a hora de contar como foi, se eu atingi as metas e tudo mais.

Bom, estabeleci uma meta de ler 150 páginas por dia, e logo no primeiro dia percebi seria difícil de conseguir cumprir essa meta. Eu acabei não tendo o tempo que imaginava para ler. Mas mesmo assim deu pra ler muito mais do que de costume. E de ultima hora resolvi assistir todos os filmes de Harry Potter com o namorado, ou seja, ficou complicado. Mas foi um feriadão e tanto!

O que li?

Um Caso Perdido – Colleen Hoover (384 páginas) – Completo

Harry Potter e a Câmara Secreta – J.K. Rowling (89 páginas) – Incompleto.

O Grande Gatsby – F. Scott Fitzgerard (15 páginas) – Incompleto

Conclusão:

Ao todo li 488 páginas e a meta era 750. Mas mesmo assim achei que foi muito válido participar dessa maratona que até meu namorado fez junto (foi o dia mais legal hahaha <3). Adorei a experiência dessa maratona, e que venham as próximas!

Espero que vocês tenham aproveitado bastante esse carnaval. Até o próximo post!

Resenha: Um Caso Perdido – Colleen Hoover (Hopeless)

IMG_3026[1]Titulo: Um Caso perdido (Hopeless)

Autora: Colleen Hoover

Editora: Galera

Páginas: 384

Nota: 10 ❤

Sinopse: Às vezes, descobrir a verdade pode te deixar com menos esperança do que acreditar em mentiras…
Em seu último ano de escola, Sky conhece Dean Holder, um rapaz com uma reputação capaz de rivalizar com a dela. Em um único encontro, ele conseguiu amedrontá-la e cativá-la. E algo nele faz com que memórias de seu passado conturbado comecem a voltar, mesmo depois de todo o trabalho que teve para enterrá-las. Mas o misterioso Holder também tem sua parcela de segredos e quando eles são revelados, a vida de Sky muda drasticamente.

O livro é narrado em primeira pessoa por Sky, uma garota de 17 anos que é adotada por Karen, com quem vive desde os 5 anos. Sky tem uma reputação ruim por ficar com muitos caras, cresceu sendo privada de algumas coisas, como qualquer tipo de tecnologia, e até mesmo estudar em uma escola publica. Então ao pressionar Karen ela consegue autorização para cursar o ultimo ano do ensino médio na escola. Ao conhecer Dean Holder (que tem um passado tão complicado quanto o dela), começam um relacionamento cheio de altos e baixos. Sky que nunca sentiu nada por ninguém, mesmo ficando com muita gente, sente algo diferente por Holder. Então, muitos segredos e lembranças que estavam guardados e bloqueados voltam, e a partir dai a vida dos dois muda completamente e se conectam.

MINHAS IMPRESSÕES:

Destruição. Eu queria ter lido esse livro mais devagar, mas simplesmente não consegui. São fatos, atras de fatos, que se conectam e você não quer parar de ler e descobrir, li esse livro em dois dias.

No começo esta tudo bem, eu ri bastante e senti “vai ser mais um romance onde o casal é cheio de dramas, e blá blá blá que não interessa pra ninguém”. Eu ficava me perguntando o que tinha de errado com eles dois, e de repente tomei um tapa na cara. Os dois vivem uma situação mais que inusitada, é muito sério e complicado. O segredo revelado no livro (que eu to morrendo de vontade de contar, mas não vou) é devastador, e enquanto eu lia pensava “NÃO PODE SER!“. As vezes só por que algo é ficção não significa que não existe, e eu consigo imaginar quantas pessoas no mundo passam pelo trauma tratado nesse livro, e me da uma dor forte no coração só de imaginar. É triste sim, e a Colleen não teve medo de explorar todo o lado emocional e triste da história como muitos autores fazem (pulando para o ” E foram felizes para sempre”). Valeu muito a pena a leitura, mal posso esperar pra ler Sem Esperança, continuação de Um Caso Perdido.

“As coisas que nos derrubam na vida são testes, e esses testes nos forçam a escolher entre desistir, ficar caída no chão ou sacudir a poeira e levantar com ainda mais firmeza. Provavelmente vou ser derrubada mais algumas vezes antes da vida se cansar de mim, mas garanto que nunca vou ficar caída no chão.” Página 375

Julgando o livro pela capa – Capas mais bonitas da minha estante

Olá leitores!

Eu sou uma pessoa que julga o livro pela capa (sim, sou dessas). Por mais que o livro me decepcione, ele ficará bonito na minha estante, antes isso do que comprar um livro de capa comum eu odiar o conteúdo dele de todas as maneiras possíveis. Um pouco confuso esse raciocínio, eu sei.

Então vou mostrar minhas capas favoritas, algumas comprei na sorte e outras simplesmente por que me agradaram muito visualmente. E o mais engraçado é que não tem mais de um livro da mesma editora. E não coloquei em “top alguma coisa” pois não consigo escolher qual é melhor, pra mim são todas muito lindas.

IMG_1877O Histórico Infame de Frankie Landau-Banks – E. Lockhart

Eu acho essa capa incrivelmente bonita, eu não conhecia nenhuma obra de E. Lockhart até esse livro, que comprei porque achei a capa maravilhosa, tem minha cor favorita (azul) em destaque , e o internato esta no fundo das palavras. Eu adorei esse livro mesmo com aquele final…. hm, bem mais ou menos, mas no geral foi um livro divertido. Claro, não se compara a Mentirosos, mas é bem agradável.

IMG_3018[1]

A Lista Negra – Jennifer Brown

Uma capa bonita e um conteúdo maravilhoso. É muito gostoso comprar um livro fisicamente bonito e ver adorar tudo o que tem dentro dele. Esse livro é assim, essa capa é maravilhosa e tem tudo a ver com o tema tratado. As palavras do titulo tem uma textura diferente.

IMG_3023[1]

O Maravilhoso Agora – Tim Tharp

Todo esse verde, me trouxe uma paz. As vezes ficar em um lugar assim era tudo o que eu preciso, talvez foi por isso que eu precisei comprar esse livro. Tá… as vezes a gente quebra a cara. Eu não poderia ter um exemplo em que a capa é bonita e o que realmente te importa não te agrada. Mas eu adorei essa capa, fiquei olhando e olhando tanto, tentei não comprar mas seria difícil existir em um mundo em que esse livro não estaria na minha estante (que exagero, Aine!). É mentira, não foi tão ruim assim, mas ruim o suficiente pra eu não terminar de ler esse livro. Estou em uma fase que não estou me forçando a ler nada que eu não queira, por isso não sei se algum dia terminarei esse livro. Mas mesmo assim acho ele lindo e fazer o que, né?

IMG_3021[1]

O Destino do Tigre – Colleen Houck

O quarto (e melhor) livro da Saga do Tigre, vai representar todas as capas da série, que são lindíssimas! As imagens se encaixam perfeitamente na história, algumas partes em alto relevo. E como todas as capas, são cheias de detalhes que diferenciam esses livros dos demais.

IMG_1881

Olhe Para Mim – Jennifer Egan

Eu babo nas capas da Intrínseca, mas pra mim essa é sem comparações. A capa, as orelhas, é tão diferente de todos livros que vemos por ai. E acho que essa coisa de ser diferente e um pouco dramática me interessou nesse livro.

IMG_2529

Alice’s Adventures in Wonderland – Lewis Carroll

Não vou falar muito desse livro, até por que fiz um post só pra falar detalhes dele, sobre o quanto ele é lindo e luxuoso. Review dele aqui!

Maratona de Carnaval #MLCarnaval

Oi leitores! Bom sei que muita gente já tem planos pra esse carnaval, mas eu não vou fazer nada, absolutamente nada. Quero descansar bem pra voltar com as energias renovadas, então vou entrar nessa maratona que os blogs Nuvem Literária e Pronome Interrogativo criaram, e nos convidaram para fazer também.

Então vai funcionar assim, a maratona começa 00:01 de sábado (acho que quando eu postar isso já tenha começado), e termina 11:59 de quarta-feira.

Minha meta é ler em média 150 páginas por dia, que é o dobro do que eu consigo ler dias de semana. Se vocês quiserem participar é só seguir as regras e fazer um post para divulgar que estão fazendo e quem criou e tal.

Bom, quando eu terminar vou fazer um post falando como foi! Quem se interessar em fazer no canal e blog das meninas tem tudo bem detalhadinho! Até o próximo post!

Resenha: Delírio – Lauren Oliver

IMG_2903Título: Delírio.

Título original: Delirium.

Autora: Lauren Oliver.

Editora: Intrínseca.

Nº de páginas: 352.

Nota: 10 ❤

Sinopse: Muito tempo atrás, não se sabia que o amor é a pior de todas as doenças. Uma vez instalado na corrente sanguínea, não há como contê-lo. Agora a realidade é outra. A ciência já é capaz de erradicá-lo, e o governo obriga que todos os cidadãos sejam curados ao completar dezoito anos. Lena Haloway está entre os jovens que esperam ansiosamente esse dia. Viver sem a doença é viver sem dor: sem arrebatamento, sem euforia, com tranquilidade e segurança. Depois de curada, ela será encaminhada pelo governo para uma faculdade e um marido lhe será designado. Ela nunca mais precisará se preocupar com o passado que assombra sua família. Lena tem plena confiança de que as imposições das autoridades, como a intervenção cirúrgica, o toque de recolher e as patrulhas-surpresa pela cidade, existem para proteger as pessoas. Faltando apenas algumas semanas para o tratamento, porém, o impensado acontece: Lena se apaixona. Os sintomas são bastante conhecidos, não há como se enganar — mas, depois de experimentá-los, ela ainda escolheria a cura?

Lena é filha de uma simpatizante, resistente (quem acredita no amor e não abre mão dele), que cometeu suicídio quando ela tinha apenas 8 anos. Lena sempre soube que sua mãe nunca foi curada, era infectada com amor deliria nervosa.  E desde então mora com a tia Carol, tio William e suas duas primas.

“Amor, a mais mortal das coisas mortais: mata quando você tem e quando você não tem” Página 307

Então, Lena contava os dias para que chegasse o dia da sua intervenção. Mas antes ela passaria por uma avaliação, onde decidiriam coisas como sua ocupação, e quem seria seu par. Ela queria ser curada, pois não queria terminar como sua mãe, que passou por três intervenções e nunca foi curada, o que era um sintoma da doença muito avançada. Até conhecer Alex, que mexe com os sentimentos de Lena, que mesmo com toda a segregação conseguem se encontrar, ele mostra pra ela o amor, e todas suas formas, como por exemplo o amor que tem pela melhor amiga, Hana, com quem Lena guarda os seus maiores segredos.

“As vezes sinto que se simplesmente ficasse observando o mundo. Simplesmente ficasse quieta e deixasse o mundo existir, às vezes juro, que por apenas um segundo o tempo congela e o mundo para. Apenas por um segundo. E se de alguma forma fosse possível dar um jeito de viver naquele segundo, eu viveria para sempre” página 125

MINHAS IMPRESSÕES:

(não sei nem por onde começar)

Gente, que livro…. ahhhh! Ok, primeiro externamente ele é maravilhoso, a capa é bonita, diagramação bem feita, fonte confortável.

A leitura é bem fluida, eu só estranhei no inicio a escrita por que não tinha diálogos, e quando tinha era um dialogo e ela pensava o resto da pagina até responder algo. Mas eu entendi, que tudo o que ela explica ali é pra entendermos bem como funciona, não só o sistema do governo, mas como Lena lida com isso. Falando nessa personagem, ela é muito bem construída, Lena é decidida e acredita no que sabe até que provem ao contrario. No inicio achei ela muito alienada, como se não quisesse ver o que realmente acontecia a sua volta, mas eu a entendi pelo trauma do passado sangrento de sua família possa ter causado nela isso, o medo.

E o que eu mais gostei é que a personagem não acorda em um belo dia e muda totalmente de opinião, você consegue levemente sentir a transição de uma personagem que tem medo de tudo se fortalecendo, tomando coragem aos poucos e lutando contra o amor até se entregar completamente.

Claro que tem bastante romantismo (até porque o tema é o amor, né?), mas também tem ação o tempo inteiro. O final desse livro é maravilhoso, agonizante, torturador até. Mas foi muito bem bolado, se a série continuar assim tem tudo pra ser uma das melhores trilogias que eu li.

Pra quem já leu (ou simplesmente não quer ler), tem um episódio piloto de uma “quase” série baseada dos livros, estrelada por Emma Roberts, que infelizmente não aconteceu. Clique aqui, e confira!