Conheça Garota Online, de Zoe Sugg, e toda a polêmica envolvida

Vamos conhecer um pouquinho do livro que ta dando o que falar pelo mundo todo e ainda nem foi lançado aqui no Brasil. O lançamento de Garota Online, esta previsto para esse primeiro semestre de 2015 aqui no Brasil. Será lançado pela Editora Verus.

Sinopse:0001

Garota Online é um livro encantador, que traduz exatamente o que significa crescer e se apaixonar na era digital. Preparados para se encantar?
Com o nickname Garota Online, Penny escreve um blog no qual desabafa seus sentimentos mais íntimos sobre amizade, meninos, os dramas do colégio, sua família maluca e os ataques de pânico que começaram a dominar sua vida.
Quando as coisas vão de mal a pior, sua família a leva para Nova York, onde ela conhece Noah, um garoto lindo que toca guitarra, e com quem ela parece ter muito em comum.
De repente, ela percebe que está se apaixonando — e escreve sobre cada momento dessa história em seu blog, de maneira anônima. Só que Noah também tem um segredo, que ameaça arruinar o disfarce de Penny para sempre.

Pra quem não conhece a autora desse livro, Zoe Sugg é a bloggeira e youtuber. Mais conhecida como Zoella, causou com seu romance de estreia, uma super polêmica com esse livro por vários motivos. Primeiro, na primeira semana de lançamento vendeu 78,000 cópias, batendo o recorde de vendas de J.K Rowling (whaaaaaaaat??). OK, até ai tudo bem, por que Zoella tem um publico gigante, um pouco mais de 7 milhões de inscritos no youtube. Mas com vlogs diários sobre sua vida e rotina, os fãs começaram a se perguntar como uma pessoa como ela, que passa o dia tão ocupada e  consegue encontrar tempo pra escrever um livro. E dai, surgiram varias duvidas na cabeçinha dos fãs que compraram o livro, Zoe teria a ajudinha de um ghostwriter. O que é isso? Escritores Fantasmas (tradução de ghostwriter) são aqueles escritores que escrevem e vendem suas história pra alguém que tenha nome (seja conhecido publicamente) e possa tornar aquele “tal” livro um bestseller. 

Pwqj6zm

Zoella, alega que os personagens e a história é dela, ou seja, o ghostwriter teve o trabalho de colocar cada coisa em seu lugar, desenvolver a história. O Ghostwriter que trabalhou com ela se chama Siobhan Curham, atualmente ele fez em seu blog um post declarando que, por motivos legais não pode dar detalhes específicos sobre o envolvimento com Zoe Sugg, também, que não concordou em participar da obra para ficar “famoso” ou “rico”.

Não vejo problemas em ter um ghostwriter por que ele concorda com toda a descrição que se deve ter, e também a não receber credito nenhum pelo projeto. Quem de nós muitas nunca comprou um livro por ser de tal autor famoso, não sabemos se ele teve algum trabalho com a obra, mas queremos o livro, pelo nome que ele leva na capa. Por exemplo, sou muito fã do Justin Timberlake (sim, sou mesmo) e compraria um livro com o nome dele na capa só pelo simples fato de ter algo relacionado com ele, agora se ele escreveu ou não, não importa. Nossa natureza é assim, infelizmente. Esse é apenas um caso isolado, existem muitos outros, mas este se destacou pela falta de esclarecimento e também pela massa de fãs que a autora tem, que estavam curiosos pra saber como teria sido esse processo tão silencioso para criar um livro, que não é uma coisa de um dia pro outro. Os fãs precisaram perceber, insistir nas redes sociais até algo ser mencionado. Que complicação né, minha gente?

Bom ficou uma situação bem chata, mas nem por isso as pessoas vão deixar de comprar o livro. Adoro a Zoella, e quero o meu também. E ai, qual a opinião de vocês?

Anúncios

5 comentários sobre “Conheça Garota Online, de Zoe Sugg, e toda a polêmica envolvida

  1. garotahostil disse:

    Eu nunca tinha ouvido falar deste livro muito menos desta youtuber. Mas, me chamou muita atenção a história e se foi ela quem escreveu ou não, isso não me interessa. Eu gostei e estou querendo comprar ele para ler. Acho que vou ter que fazer uma WishList pra não perder todos os que eu quero. (:
    PS: adorei o post e amei seu blog, parabéns!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Nathalia Costa disse:

    Sei lá. Minha opinião é que se você quer escrever um livro, vai lá e escreve, e não contratar alguém pra fazer por você. Fiquei bem chateada. Se foi essa tal mulher que escreveu, deveria ter o nome dela na capa. E não o da Zoe. A história, o mundo não é dela.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s